“A luta diária de uma alimentação equilibrada ”

Que “comer, comer é o melhor para poder crescer,” todo mundo sabe! Mas na prática sabemos que uma alimentação regrada e saudável é um impasse em muitas casas.

Os problemas mais frequentes são: “Meu filho não gosta de comer coisas saudáveis” ou “meu filho não come por nada!”. A solução é descobrir os caminhos para construir uma rotina sustentável entre esses dois conflitos.

É importante  fazer uma autoanálise de como está a  rotina alimentar de todos  os moradores da casa: não tem como esperar uma alimentação perfeita se não é cultura da família estabelecer horários para o jantar, almoço e café da manhã.

Dicas

  • Fuja das comidas industrializadas – Elas estão sempre disponíveis na hora da fome, mas a longo prazo fazem um mal terrível.
  • Tudo tem sua hora: não vamos generalizar: às vezes, tudo certo comer um fast food ou uma comida um menos nutritiva.
  • É importante inserir novos alimentos nas refeições. Não existe não gostar sem experimentar, certo?

Com esses passos a vida entrará em um equilíbrio: na semana, os alimentos saudáveis e a rotina dos horários das refeições entram na jogada. Nos finais de semana tudo bem dar uma flexibilizada.

  Atenção na hora do recreio

Tenha uma atenção redobrada com o que o seu filho leva para a hora do lanche. Eles fazem isso 5 vezes na semana. Frutas, cookies integrais e alimentos mais naturais devem marcar presença na hora do recreio.

Se o seu filho  passa o dia inteiro na escola e almoça por aqui, nossa cantina possui acompanhamento com a nutricionista, isso faz a diferença!