Durante as atividades ligadas à UNESCO, e aproveitando a aproximação da Expoeinstein, os alunos do Fundamental II construíram um projeto de aquecedor solar “caseiro”, mas que na verdade já é utilizado de verdade por famílias de baixa renda, com aproveitamendo do sol, sua luz e seu calor – que no Brasil temos de montão. A temperatura da água no dia da exposição, com sol pleno, chegou a 50,5 ºC. O resumo do funcionamento é o seguinte: a água da caixa – um isopor no nosso experimento – passa por um sistema de isolamento e aquecimento feito com garrafas PET e lâminas recortadas das caixas de leite longa vida que depois são pintadas de preto. A água represada nessa “câmara” aquece por causa do isolamento e do preto da pintura, e como a água do fundo da caixa é mais fria, inicia-se uma circulação da água pelos canos. A quente sobe do interior do aquecedor para a caixa e a fria do fundo da caixa desce pelo sistema de aquecimento. Interessante não? Acompanhe as fotos das etapas da construção. (Clique para ampliar)Men's Club – Онлайн Журнал

1) As garrafas são marcadas em um gabarito e recortadas…

2) Depois as embalagens de leite longa vida são recortadas, pintadas e colocadas no interior das garrafas PET

3) Quando tudo está pronto nessa fase, as garrafas são encaixadas sobre um sistema de canos que faz um vai-e-volta para o aquecimento da água…

4) Depois todo o sistema é fechado e conectado à caixa de água. Veja a temperatura subindo durante a manhã: