Lá foi o pessoal do Pré II, da Profa. Juliana para o laboratório. A idéia era ver a reação quando misturamos o bicarbonato ao limão e ao detergente, provocando uma espuma interessante. Mas no meio do caminho alguns alunos lembraram-se do outro trabalho realizado recentemente sobre o gosto e as sensações que nosso corpo percebe através da língua, e perguntaram se podiam “experimentar”o limão. Lá foram eles dar uma boa lambida na fruta…
Para quem achou estranho, é bom explicar: apesar de tratar-se de uma escola tradicional, não desprezamos os momentos e técnicas construtivistas inseridas no dia-a-dia dos alunos. É a partir da espontaneidade que se abrem as discussões, as descobertas e a curiosidade vira pesquisa. Mas ao contrário de muitas escolas que se dizem “construtivistas”, entendemos que o planejamento cuidadoso, a fixação dos conteúdos trabalhados e a correção dos erros é que farão da aprendizagem, o melhor caminho para o futuro dessa criançada.
Afinal, lugar de fazer experiências é no laboratório de empresa. Laboratório de escola é sala de aula: lugar de técnica, conhecimento e prática de mais de 48 anos.
Viva o limão!